YayBlogger.com
BLOGGER TEMPLATES

sábado, 26 de setembro de 2009

O vazio da tua distância infelismente ainda não me preenche..

Ouça me, estou aqui por você.
Enquanto você esteve longe tudo se quebrou e nunca mais algo de bom nasceu desse peito que só respira para você.
Ouça a prece que rogo aos céus, entenda que as coisas tem se tornado relativamente vagas sem você aqui. Tudo desabou, eu me perdi, não sou nada, me tornei nada. Como uma árvore no outono perde a cor.
Se fins fossem bons seriam começos.
Eu já sei que é necessário ter você pra ser feliz, na sua ausência eu me perdi na solidão, e o vazio da tua distância infelismente ainda não me preenche.
Se você pudesse estar comigo esta noite e me dar apenas alguns minutos eu te mostraria, com meu violão, cantaria a canção que eu te fiz à um tempo atrás.

Toca seu rosto no meu, enrola teu corpo no meu.
Eu juro, por você e por mim, que faço esse momento durar para sempre.

Nenhum comentário: